9 de jun de 2013

Ouro Preto - Férias

Descobrimos que em Ouro Preto quase tudo é pago. Quase todas as igrejas tem taxa de visitação.
Na entrada da cidade pedimos informação na Associação de Guias de Turismo e o mapa oferecido lá é pago. E muito ruim. Não comprem, pois no Posto de Informações na Praça Tiradentes tem um muito melhor e gratuito.
Nos instalamos e saímos para almoçar no Restaurante Forno de Barro, bem na praça. Comida mineira servida no forno a lenha.
Já estando ali  fomos visitar: Museu da Inconfidência (pago), Praça Tiradentes, Igreja N. Sra do Carmo (pago), Casa dos Contos.
A Pousada Ouro Preto oferece aos hóspedes um chá da tarde. Bem acolhedor fazendo uma integração entre os hóspedes. Muito gostoso. A troca de experiências de quem está saindo e de quem está chegando.
 
Saímos para jantar e na rua da pousada tem o Chalet dos Caldos.

No dia seguinte fomos para Mariana no Trem da Vale. Uma viagem de 1 hora de trem. Infelizmente não era de maria fumaça pois estava em manutenção. Voltamos de ônibus para para da Mina da Passagem em Passagem de Mariana.
Voltamos para Ouro Preto de ônibus e continuamos a visitação às Igrejas: S. Francisco de Paula, de São José e vimos de longe a N. Sra do Rosário.
Almoçamos na Adega do Ouro. Um restaurante bem simpático de comida. advinhem, mineira. rsss  

A tarde fomos na Igreja Matriz N. Sra do Carmo. Indico aceitar a orientação de um guia. Vale a pena pelas histórias transmitidas.
A noite fomos na pizzaria O Passo. Ambiente bem pitoresco. Mas de alto nível.

No nosso último dia na cidade, continuamos nossa peregrinação por: Igreja S. Francisco de Assis, Igreja N. Sra das Mercês e Misericórdia, Igreja N. Sra da Conceição.


Gastos dos 3 dias em Ouro Preto:
Hospedagem: R$ 510,00
Alimentação: R$ 415,15
Passeio e Ingressos: R$ 212,80
Outros: R$ 50,00

0 comentários: